Archive for Fevereiro, 2008

Gabela – 2006 (Sittin here resting my bones)

Fevereiro 26, 2008

gabela-tour-128.png

Sitting in the morning sun
I’ll be sitting when the evening comes
Watching the ships roll in
And I watch ‘em roll away again

Sitting on the dock of the bay
Watching the tide roll away
I’m just sitting on the dock of the bay
Wasting time . . .

… Look like nothing’s gonna change
Everything still remains the same
I can’t do what ten people tell me to do
So I guess I’ll remain the same

Sittin here resting my bones
And this loneliness won’t leave me alone
It’s two thousand miles I roamed
Just to make this dock my home …

Otis Blue: Otis Redding Sings Soul

Fevereiro 26, 2008

Lembro-me de ser muito muito pequenina e de começar a gostar de música ao som de Otis Redding e Percy Sledge … Acho que ganhei uma boa bagagem musical, ou pelo menos saber o que existe no Mundo,  por ter crescido com a sorte de viver numa casa onde sempre se ouviu boa música, e assim hoje não conseguir viver sem banda sonora!

Acabei de ouvir na rádio que este Álbum histórico de Otis Redding – Otis Blue: Otis Redding Sings Soul - vai ser reeditado no dia 22 de Abril com extras que incluíem faixas ao vivo, raridades e versões alternativas.

Irmãos Coen – “Este País não é para velhos”

Fevereiro 25, 2008

A cerimónia da 80ª edição dos Oscares decorreu esta madrugada no Kodak Theatre em LA , conduzida pelo comediante Jon Stewart e o grande vencedor foi o filme Este País não é para velhos – No Country for old men . Uma particularidade e, pra mim, um sinal de abertura da Academia, todos os actores vencedores este ano, não são Americanos. As fotos do Red Carpet aqui :-)

A lista dos vencedores:

Melhor filme: Este país não é para velhos (No country for old men)
Melhor realizador: Joel e Ethan Coen (Este país não é para velhos/ No country for old men)
Melhor actor: Daniel Day-Lewis (Haverá Sangue/There will be blood)
Melhor actriz: Marion Cotillard (La vie en rose)
Melhor actor secundário: Javier Bardem (Este país não é para velhos/No country for old men)
Melhor actriz secundária: Tilda Swinton (Michael Clayton)
Melhor filme de animação: Ratatui (Ratatouille)
Melhor Argumento Adaptado: Este país não é para velhos/ No country for old men (Joel e Ethan Coen)
Melhor Argumento Original: Juno (Diablo Cody)
Melhor banda sonora: Expiação (Atonement)
Melhor canção original: “Falling Slowly” – Once
Direcção Artística: Sweeney Todd
Fotografia: Haverá Sangue (There will be blood)
Guarda-Roupa: Elizabeth: A Idade de Ouro (Elizabeth: The Golden Age)
Melhor Documentário: Taxi to the dark side
Curta-metragem documental: Freeheld
Montagem: Ultimato (The Bourne Ultimatum)
Melhor filme de língua estrangeira: Os Falsificadores (The Counterfeiters)
Caracterização: La Vie en Rose
Curta-metragem de animação: Peter and the wolf
Curta-metragem: Le Mozart des pickpockets
Som: Ultimato (The Bourne Ultimatum)
Efeitos sonoros: Ultimato (The Bourne Ultimatum)
Efeitos especiais: A Bússola Dourada (The Golden Compass)
Óscar honorário: Robert Boyle

Foi Genial…Mayra Andrade

Fevereiro 24, 2008

ma_bw.jpg 

Na sexta fui com a minha amiga MK ver e principalmente ouvir no Olga Cadaval uma Menina Mulher com uma voz arrepiante! Muito bom, muito bonita, muito simples mas com uma grande presença em palco . . .

Ela canta e dança de uma forma tão leve que tudo parece simples, mas que nos deixou com a alma suspensa e uma lágrima no canto do olho com o seu balanço – parecia sempre que deslizava - a voz profunda e sempre muito afinada, os ritmos de Cabo-Verde com muitas influências de jazz e de Samba que em tantos momentos me fez lembrar Maria Rita.

Gostei muito da presença discreta de Ricardo Feijão no baixo e mais extravagante do percussionista Zé Luís Nascimento. E do arranjo acústico de Lua, bem diferente do CD . . . esperemos que ela ganhe o prémio “BBC Radio 3 Awards For World Music – Revelação” para o qual está nomeada, mas também será um detalhe, porque ela é realmente Genial !!!

Deixo aqui a nota ao meu amigo HC que ela vai estar em Tournée pela Afrcia do Sul e Moçambique entre 5 e 15 de Maio, fica atento :-) e nós por cá, pelo rectângulo podemos voltar a vê-la no Cool Jazz em Oeiras a 11 de Julho, vamos né?

HAJA Coração!!!

Fevereiro 21, 2008

slb.png

Greenpeace

Fevereiro 21, 2008

greenpeace_2.jpg 

“Your child is growing. Not as fast as the ocean are rising.”

Mais RAP…

Fevereiro 21, 2008

Ainda em relação às cheias da passada segunda feira e do meu post Africa Remendada não posso deixar de transcrever um parágrafo da crónica semanal, na visão, do Ricardo Araújo Pereira. Era mais ou menos isto que eu queria dizer,  se tivesse jeito para escrever. E o RAP é genial:

“Todos os anos, Portugal é surpreendido duas vezes: uma vez pelo Verão e outra pelo Inverno. Nunca estamos à espera deles. Para o resto do mundo, a natureza é cíclica, monótona e repetitiva. Para nós, é uma caixinha de surpresas. <<Olha, lá vem o Verão outra vez. E não é que traz novamente muito calor, este bandido? Se calhar devíamos ter feito uma limpeza às matas. Ops!, tarde de mais, já está tudo a arder.>> No Inverno, a mesma coisa. <<Olha, lá vem o Inverno outra vez. E não é que traz novamente muita chuva, este bandido? Se calhar devíamos ter feito uma limpeza às sarjetas. Ops!, tarde de mais, já está tudo alagado.>> E assim sucessivamente.

Acabei de descobrir Buika

Fevereiro 20, 2008

buika.jpg

Nasceu Concha Buika em Palma de Maiorca, Espanha, filha de exilados políticos da Guiné Equatorial. Abreviou o nome artístico para Buika. Lançou em Março de 2006, aquele que sei agora ser o seu segundo album … Mi Ninã Sola – uma mistura de flamenco com blues com jazz com bolero com tango com África. Adorei !!!

“Escrevo para não odiar e canto para não ficar louca” (Buika)

Muxima em Aljezur

Fevereiro 19, 2008

Um dia destes passo por lá … Muxima faz parte do Atmosphere Hotels, uma rede de 100 Hotéis independentes  com uma atmosfera única.

El Comandante renuncia à Presidência de Cuba

Fevereiro 19, 2008

Fidel de Castro com 81 anos de idade e 50 no poder renucia hoje aos cargos de Chefe de Estado e Comandante em Chefe, num artigo assinado por “El Comandante” e publicada na edição online do jornal Granma “Não desejarei nem aceitarei – repito – não desejarei nem aceitarei o cargo de Presidente do Conselho de Estado e Comandante-em-chefe”.

Quer se goste , quer não, o certo é que a história de Cuba, e mesmo a do mundo ocidental estará para sempre marcada pela figura de Fidel de Castro e muito ainda se escreverá a respeito de El Comandante.

É o fim de um ciclo, eu pessoalmente, já não conhecerei Cuba como gostaria de conhecer e neste dia lembro-me do meu professor Cubano do Puniv, Serafim, que me fez ter a certeza absoluta que era Matemática que eu queria tirar.


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 423 outros seguidores