África em Lisboa

A Academia de Ciências de Lisboa admite escritores e artistas africanos lusófonos.

O pintor Moçambicano Malangatana (nasceu em 1936 – Matalane), os escritores Germano de Almeida (1945 – Ilha da Boavista) de Cabo-Verde, e Pepetela (1941 – Benguela) de Angola, e o economista Carlos Lopes da Guiné-Bissau deverão tomar posse como membros da Academia de Ciências de Lisboa numa cerimónia a realizar em Setembro.

About these ads

Uma resposta to “África em Lisboa”

  1. Carlos Says:

    Nossa pátria, nossa língua!

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 423 outros seguidores

%d bloggers like this: