Mais uma noite cheia de estatuetas

Em dia Internacional da Mulher é bom destacar que, em 82 anos de Óscares esta foi a primeira vez que uma mulher ganhou a estatueta para melhor realizador (em 4 nomeações)

“Estado de Guerra” saiu vencedor com 6 óscares (em 9 nomeações) e  “Avatar” foi o grande derrotado, Kathryn Bigelow bateu o ex-marido James Cameron, com melhor filme, realização, argumento original, montagem, edição e mistura de som.

Os outros derrotados da noite foram  “Nas Nuvens” com zero estatuetas de seis nomeações, assim como “Sacanas sem lei” de Quentin Tarantino que só conseguiu um óscar em oito nomeações.

tirada da net

Aqui fica a lista dos premiados:

Melhor Filme – Estado de Guerra
Melhor Realização – Kathryn Bigelow (Estado de Guerra)
Melhor Actor – Jeff Bridges (Crazy Heart)
Melhor Actriz – Sandra Bullock (The Blind Side)
Melhor Actor Secundário – Christoph Waltz (Sacanas Sem Lei)
Melhor Actriz Secundária – Mo’Nique (Precious)
Melhor Argumento Original – Estado de Guerra
Melhor Argumento Adaptado – Precious
Melhor Fotografia – Avatar
Melhor Caracterização – Star Trek
Melhor Direcção Artística – Avatar
Melhor Guarda Roupa – Young Victoria
Melhor Edição de Som – Estado de Guerra
Melhor Mistura de Som – Estado de Guerra
Melhor Montagem – Estado de Guerra
Melhores Efeitos Visuais – Avatar
Melhor Documentário – A Baía da Vergonha
Melhor Filme Estrangeiro – El Secreto de Sus Ojos (Argentina)
Melhor Filme Animação – Up, Altamente
Melhor Canção Original – Crazy Heart
Melhor Banda Sonora – Up, Altamente
Melhor Curta de Animação – Logorama
Melhor Curta de Ficção – The New Tennants

About these ads

Uma resposta to “Mais uma noite cheia de estatuetas”

  1. Cafefas Says:

    Bem, finalmente fui ver o Avatar e percebi bem porque foi o grande derrotado da noite. Tecnicamente ? Irrepriensivel, simplesmente perfeito e bem conseguido. Nao conseguimos mesmo perceber o que é real e o que é virtual e, ainda por cima, com um 3D refinadissimo, de tal maneira que há por la um momento em que nos desviamos instintivamente porque uma lata (ou coisa do genero) parece mesmo vir na nossa direcção. Tinham-me avisado e estava com atenção sempre à espera desse momento mas nao consegui evitar a tentativa, irreflectida, de desviar porque esta mesmo mesmo bem feito. Quanto ao resto, zero !!! Um argumento simplesmente vulgar, tipo filme de Walt Disney. Uma verdadeira história da “Carochinha” com montes e montes de pequenas falhas na continuidade que se detectam sem grande esforço. A Academia nao perdoa estas coisas e se o Avatar fosse o flme do Ano seria mesmo um desprestigio para o rigor da academia. Resta-me agora ver o filme vencedor, Estado de Guerra, que já comprei em Blu-Ray para ver se nao foi mais um esforço, que está tão na moda, de promover as Mulheres por forma a demonstrar que o mundo esta melhor porque as igualdades são as mesmas. Bom final de semana e já agora parabéns às Mulheres pelo seu dia…….

Deixar uma resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

WordPress.com Logo

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Log Out / Modificar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Log Out / Modificar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Log Out / Modificar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Log Out / Modificar )

Connecting to %s


Seguir

Get every new post delivered to your Inbox.

Junte-se a 423 outros seguidores

%d bloggers like this: