Mozambique on NYT 53 places to go list of 2008

Pensei muito se escrevia este post ou não,  e esperei uns dias. Isto porque mais uma vez ficamos de fora e levamos “porrada” de Moçambique … mas ok, pus a inveja de lado e cá vai. Moçambique está entre os 53 destinos a visitar em 2008, segundo o New York Times.

http://www.nytimes.com/ref/travel/20071209_WHERE_GRAPHIC.html?ref=travel

Anúncios

5 Respostas to “Mozambique on NYT 53 places to go list of 2008”

  1. maria Says:

    Para mim falta ai a ilha de Ibiza. Alem de uma cidade bonita e pitoresca (Eivissa) tem uma movida ( ou mávida 🙂 ) louca no verão! :))

  2. Paulo Says:

    Camarada,

    não precisa ter inveja. As portas estão abertas para nos visitar 😛

    E ainda mantenho a ideia de um dia ir a Angola que, pelo que vi, também é um país maningue nice.

    Aliás, vocês têm uma coisa que nós não temos e que deve ser maningue bonito: o deserto do Namibe.

    Mas falando de praias, nisso acredito que Moçambique tem muito mais riqueza que Angola.

    É o oceano índico.

    No Índico é onde está a areia branquinha e a água quentinha. É onde ficam as ilhas paradisíacas como Maurícias, Seychelles, Zanzibar, Madagáscar etc..

    Mas cada país com a sua beleza né.

  3. kianda Says:

    Nós temos muito mais do que o deserto do Namibe … o País realmente em belezas naturais é riquissimo. A serra da Leba, as pedras negras de Pungo Andongo, Tundavala “que arrepia”, floresta do Maiombe e tantos tantos outros … precisamos é de dinamizar o Turismo e “vender” essas paisagens fora do País, como Moçambique tão bem fez com as prais e com a preciosa ajuda, bem como dizes, do Indico.

  4. paulo Says:

    Vem aí o CAN 2010 e oportunidades para se “venderem” ao mundo não vão faltar.

    E, diga-se em abono da verdade, normalmente os angolanos sabem fazer a coisa bem feita.

    Veja-se os afrobaskets e o 1º campeonato mundial de clubes em hoquéi etc..

    Organizem-se [e pratiquem preços mais baixos porque pelo que sei, particularmente de Luanda, o custo de vida é absurdo!] que eu já tenho em mente uma viagem desde Maputo até Luanda seguindo a costa. E passando, claro, por Durban, Port Elizabeth, Cape Town e Windhoek.

    Já faltou mais para isso. Penso eu de que.

    Moçambique tem um ponto a seu favor muito importante: o facto de proporcionar turismo de praia e safari.

    Quem quiser sai do seu mergulho em Bazaruto ou Pemba e vai depois para um qualquer Safari ver leões na Gorongosa ou em outra qualquer reserva do país.

    Assim de repente, países com estas características, só me lembro do Quénia e Tanzânia.

    Normalmente os países ou oferecem safaris. Ou oferecem praias.

    Moçambique consegue ter as duas coisas.

    Bom blog. Sempre que puder visitarei a Kianda.

    Hambanine!

  5. kianda Says:

    Obrigado Paulo pelas palavras :-).
    E tens razão, Angola precisa de melhor organização e realmente preços mais baixos, pelos menos para a qualidade que ofereçe !!! A dimensão do País e diversidade pode oferecer turismo radical inclusivé, com rápidos, montanhas, deserto, …

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: