You’re my blond magic woman

Por vezes ao arrumarmos gavetas, em ambos os sentidos, o verdadeiro e o figurado, encontramos coisas de há muitos anos atrás – pelo menos eu, que tenho o vício (de velha como dizia a minha mãe) de tudo guardar – hoje foi um cd, “a minha prenda – Agosto de 1999” dizia a capa.

Magic Woman…You’re my blond magic woman
Magic Woman…You’re my blond magic woman

era dor, era pranto, era vida na saída, era canto nesse parto, nessa cruz
dar à luz como uma vela numa estrela
numa lágrima deitada na emoção do nascer
eras tu, foste dor, foste cor, foste grito germinado em suor

Magic Woman…You’re my blond magic woman
Magic Woman…You’re my blond magic woman

ser criança no crescer, brincadeiras com os amigos a correr
eras sol, foste choro, foste a diva, foste líder, foste coro no luar (o primeiro)
foste o sol que brilhava o dia inteiro
descobriste o pecado com o beijo no primeiro namorado

Magic Woman…You’re my blond magic woman
Magic Woman…You’re my blond magic woman

Hoje em dia já cresceste um bom bocado
Tudo segue…tudo certo…tudo errado
tens no riso o que preciso
no olhar aquele jeito de pecado
tens na força um coração
e o prazer de escolher essa canção “…gosto muito de te ver leozinho…”
um filhote de leão, raio da manhã
no sol posto tens o rosto de maçã

Magic Woman…You’re my blond magic woman
Magic Woman…You’re my blond magic woman …

(Reservado aos direitos de autor)

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: