“Angolagate”

Começa hoje em Paris o julgamento conhecido em França como “Angolagate” e deve prolongar-se por 5 meses.

São 42 pessoas no banco dos réus, entre as quais o francês Pierre Falcone, e o multimilionário israelita, Arcady Gaydamak que estão no centro do caso, acusados de “tráfico de influência” por terem actuado como agentes para a entrega ilegal de armas a Angola a partir da Europa de Leste. O filho do antigo Presidente Mitterrand, Jean-Christophe Mitterrand é acusado de “cumplicidade em comércio ilegal” e de ter aceite subornos num total de 2,6 milhões de dólares. Outros nomes são o antigo ministro francês do Interior, Charles Pasqua, o escritor francês Paul Loup Sulitzer e o célebre economista francês Jacques Attali.

Mais sobre esta notícia aqui.

Anúncios

2 Respostas to ““Angolagate””

  1. Jo Ann v., a writer on the D-List Says:

    Nunca se falou tanto de Angola, por cá.
    Normalmente é uma vez por ano, e nunca pra coisa boa…

  2. fbaiao Says:

    C’est la vie, a luta continua. Ainda vamos um dia ouvir falar bem de Angola em toda a parte do Mundo

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: