And … we did it !!!

enviada por email

enviada por email

O mundo nunca mais será o mesmo, fez-se história e eu na primeira fila. Só uma dor me incomoda, a minha mãe não estar aqui para viver este momento.

Parabéns à América por mais uma vez provar ser capaz de uma mudança profunda e rápida. Não só acreditam como fazem!

P.S. – Este post foi escrito de madrugada pq o meu amigo HC em Maputo, que está 2h adiantado, 🙂 , começou a mandar sms e a ligar!!! Não dormi.

Anúncios

11 Respostas to “And … we did it !!!”

  1. Fernando Baião Says:

    Eu também não dormi. Só fui dormir já a chuva tinha voltado, mas acordei
    com o Sol a espreitar e a festejar a vitória do Obama, cujo discurso de agradecimento ao povo americano me comoveu e fez aparecer uma lágrima no canto do olho. Como já disse, noutro sítio, tinha os americanos atravessados na garganta, mas a verdade é que com aquela gente tudo pode acontecer. As novas gerações estão lá e a velhada conservadora americana, tem os dias contados. Pôr um mulato na Casa Branca, num país de grande maioria caucasiana, é obra. Viva a nova América. Depois de ver a nossa Angola independente e agora este acontecimento, os meus sonhos tornaram-se realidade.

  2. Bibbas Says:

    Segui tudo em directo, cada minuto, cada palavra…o meu sogro do outro lado de lá do oceano chorava dizendo ao telefone: valeu a pena, tudo valeu a pena (ele referia-se ao movimento civil que participous e as marchas que muitas vezes liderou…) Mas ele tb me disse algo: cabe aos vossos filhos seguirem este caminhos, agarrarem esta inspiração e referência…Dizia ele…”…eu quero ver o meu neto M a ser mais um Obama :):):):):) Muitos vezes oiço que America não tem cultura, não tem passado etc etc…America tem sim uma grande cultura que se chama a cultura da diversidade…cujas flores são Obamas e outros. Viva a nova America como diz FB onde “some dreams are coming true”…Congratulations to all “gringos” e muito especialmente para a “grande” e valiosa familia Freeman

  3. patadasilva Says:

    Acho que ninguem dormiu, a expectativa e depois a emocao nao o podiam permitir. Obama nao so’ ganhou as eleicoes (electorate vote) como ganhou o “popular vote”. O povo Americano quer uma mudanca no seu status quo e o Obama e’ a face desta mudanca, e o facto de ele ser “negro” (desculpa FB, esta coisa de mulatos, so mesmo em Angola) so’ torna esta victoria ainda mais doce, geracoes inteiras de familias como os Freeman, sacrificaram-se para que este dia se tornasse realidade.
    Ele geriu uma campanha sem precedentes, com raizes no seu passado de organizador comunitario (community organizer), que produziu resultados historicos.
    Nao obstante a euforia, tenho nocao que os verdadeiros desafios para ele vao comecar agora. Ha muita gente neste pais que espera que ele seja um fiasco, e cabe a todos nos continuar a apoia-lo e estar dispostos a fazer os sacrificios que serao necessarios para que ele nos possa dar os resultados prometidos e esperados. Como Obama disse ontem “The road ahead will be long…but we as a people will get there. GO OBAMA.

  4. kianda Says:

    E o sorriso da Sasha (a Obama + pequenina) faz-me lembrar sempre a L., a Freeman mais pequenina 🙂
    E concordo com o Freeman mais kota, agora a mudança tem que ser em cada um de nós, a referência, o We Can, o Barack deu-nos, agora cabe-nos passar isso aos nossos filhos, a nova geração, cheia de misturas, de raças, de culturas, de nacionalidades (como o Obama) e transmitir-lhe que isso é a verdadeira riqueza.
    Como já tive oportunidade de dizer, noutras discussões, noutros locais, acho bibbas que essa diversidade não é a América, quanto a mim, com a globalização, essa diversidade é cada vez mais o Mundo, somos por isso, e casa vez mais, mestiços, no sentido de mistura, de culturas!

  5. kianda Says:

    Pata o teu comento está antes mas apareceu depois, do meu. So, i agree!!! Muitas das promessas sociais serão complicadas de cumprir, e ele terá muito trabalho, mas foi a confiança no “tudo farei” que me encantou, a equipa económica que ele foi buscar é o “dream team” do tempo do Cliton, dos anos dourados da América… Ele vai conseguir, e na política externa tb, até o Fidel escreveu a felicitar 🙂 !!!

    😉 que engraçado, foi uma frase que também reti “but we as a people… , principalmente porque a referência “povo” deve ter feito muito boa gente tremer, ehehehe.

  6. Bibbas Says:

    Concordo Kianda, mas esta diversidade esta bem mais acentuda e visivel na America. Nenhum outro serve de referencia quando se fala de diversidade generalizada…e isto para mim é uma das grandes mais valias.

  7. patadasilva Says:

    Sim, esta frase foi uma referencia ao Dr. Martin Luther King, que em Menphis, a noite antes de ser assassinado, num discurso famoso disse:
    “I have been to the mountain top, I have seen the promise land….and we as a people will get there.” So’ estar a escrever esta referencia, num dia como este da-me arrepios.

  8. Mar Says:

    Gostei de visitar este site e tive a oportunidade de ler excelentes comentarios e respostas que sadio! Kianda, Bibbas, patadasilva junto as frases q vcs ressaltaram de Obama e do Dr. M L King esta, tb do Dr. M L King q me faz estremecer; …”I had a dream…” godness me, indeed, what a DREAM!!!

  9. Says:

    Eu estou super frustada, porque não consegui ver imagens da Grande Vitória! Para além da falta de energia éstive sem acesso à net. Estou desolada, estou triste estou frustada, porque numa altura em que Obama, negro, na América não só ganha as eleições presidenciais, como leva o povo americano a votar quase em massa, eu que não tenho energia eléctrica. Enfim, mas com esta vitória eu tirei mais uma grande lição de vida, podemos sim transformar um sonho em realidade e portanto acredito, sonho com uma Angola melhor e para todos. Como me repete a minha filhota (8 anos) sempre que me sente mais down: “Yes we can” para ela, esta expressão aparentemente tão simples virou slogan para vencermos as barreiras que nos vão surgindo. Deixo aqui um beijo bem especial à Freeman Family especialmente ao Big Joe

  10. Evora Says:

    Não sei se o mundo não será mais o mesmo daqui pra frente, mas fico feliz pelos Estados Unidos também , já que América é um continente.

  11. Bibbas Says:

    O mais velho dos Freemans (Big Joe) vai a inauguração do Obama dia 20…Ele esta super feliz…valeu doar uns dolarzinhos:):):):):..YES WE CAN!!!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: