A tristeza dos tristes

Parece redundância né?! Mas não é…acreditem que existem pessoas que para além de seres tristes ainda por cima vivem na tristeza e rodeados dela. Ontem enquanto estava “fechada” o dia todo num avião, vendo um filme, dormindo, lendo, conversando, rindo e pensando na vida, muitas vezes com um sorriso nos lábios quando aquele pensamento mais atrevido voa, e nós deixamos voar… e já estava a voar🙂 , mas voltando, estava eu a dizer, que enquanto estava eu envolvida numa viagem que leva o dia todo descobri, mais tarde, que alguém durante o dia todo pensou que me estava a chatiar.  O problema nem é ele ter perdido o dia todo a tentar chatiar-me, porque acho que cada pessoa deve fazer com o seu tempo aquilo que a faz mais feliz, apesar de achar que chegamos a uma idade em o tempo começa a ser tão pouco que devemos fazer com ele o melhor que sabemos. O problema é ele ter passado um dia inteiro a pensar que eu estava chatiada. Isso sim, é perder tempo.

Mesmo no caos que a minha vida se encontra hoje, eu sou feliz. Felicidade é a junção de momentos que nos fazem sentir bem, é aquele chocolate quente a ver o mar, é a lua, são as 4 almofadas que tenho neste momento, é o sorriso do meu filho, é o olhar de parvo do Koi a abanar a cauda, é um concerto, é um almoço com os amigos…de repente descubro que a lista seria interminável, são os momentos que depedem de mim e eu faço acontecer. Não é eu gostar das pessoas, dos meus amigos, isso é fácil afinal fui eu que os escolhi, é as pessoas gostarem de mim e é, eu de repente, do nada, perceber isso.

Por isso, meu amigo, podes tentar a vida toda, eu só posso dizer que a felicidade não tá aqui, tá dois passos mais lá a frente, experimenta, dá dois passos e dobra esta esquina sem olhar mais para trás. Porque senão podes apregoar o como a tua vida é boa e rodeada de felicidade, podes escrever isso, gritar aos 4 ventos o amor que te rodeia, mas … felicidade, alegria, amizade, amor, é um brilho que se vê nos olhos e que não se compra … e… isso, meu amigo, não engana !!!

7 Respostas to “A tristeza dos tristes”

  1. comsentido Says:

    não se compra, nem engana pois ou conquista-se ou vem parar ao nosso colo sem termos reparado. para ser feliz também não é de descorar um pouco de sorte. até

  2. maria Says:

    kainda, viajas-te com uma melga? LOL😀

  3. Bibbas Says:

    Kianda, nao ligues..todos nós temos alguem a quem a nossa existência incomoda…poucos têm alguem que apesar de incomodados não conseguem disfarçar!!! Coitados!

  4. aNa Says:

    ah grande kianda! é assim mesmo!😉
    a Simone tem uma canção que se chama ‘Parei contigo’ e que diz uma coisa gira, que vai bem nestas situações:
    “vai ver se eu estou na esquina, mas fica lá”
    boa estadia!

  5. Cafefas Says:

    Ninguem pode fazer sentirmo-nos inferiorizados sem o nosso consentimento. Nao me ouves…

  6. pokemon Says:

    Esse papo foi para ti cafefas? Nao te ouve como? Nunca vi nenhum conselho teu a kianda aqui..ou estou errado? Ou mudaste de nick? Ahn, se calhar es amigo, como muitos (as) por aqui…

  7. Cafefas Says:

    Para mim ? Porque seria ? Não me ouve porque ja tive a oportunidade de dizer o que sempre disse o Odorico quando era vivo: “Camaleão muda de cor mas é sempre camaleão”. Como dizia um bom e querido amigo, olhando para mim no canto do olho, enquanto, jogando o seu gameboy, a mulher lhe “buzinava os ouvidos”: “Há pessoas que nasceram para atormentar a vida de outras” e eu fazia um esforço enorme para nao “gargalhar”. Ai saudades… Muita Paz e meu carinho pra todos.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: