Sim, faz sentido

Quando  de repente ela se lembra de ter acordado naquela manhã de domingo depois de ter adormecido serena, serena e satisfeita, de ter acordado com uma estranha dor de cabeça.

Quando ela se lembra de ter pensado que isso nunca aconteceu, nunca acordou de uma noite normal de sono, tranquila, arrisco dizer até que ela tava feliz, sim, pensando bem, ela tava feliz. Então porquê aquela estranha dor de cabeça?

Resolveu ignorar, abanar a cabeça pra ver se ela desaparecia,  tomou um comprimido, afinal o dia ainda prometia. Um bom banho frio, um olhar de relance para aquele corpo semi despido, também sereno, aquela respiração descansada e tranquila que só os bébés têm quando dormem. E sorriu.

Pensando nisso tudo agora, sim, faz sentido. Aquela dor de cabeça , que ela nunca tinha tido era o primeiro sinal do corpo. O corpo que talvez tenha sabido bem antes que tudo aquilo era o príncipio do fim. E talvez o corpo, tenha sabido bem primeiro que ela, que afinal não queria que acabasse.

Mas ela já tinha decidido, lá atrás, que aqui seria o fim. E afinal era tão bom, tão bom que nem ela se sabia ainda capaz de sentir e principalmente receber algo assim. Mas ela já tinha decidido lá atrás. E o corpo deu o sinal.

O que ela fez? Incendiou o corpo, ela queimou, ela pegou fogo, quando o corpo percebeu bem antes que ela que queira voltar para trás, afinal não queria acabar ali, ela pegou fogo,  um fogo que veio de dentro pra fora, e se foi espalhando…

Sim, faz todo o sentido.

Advertisements

3 Respostas to “Sim, faz sentido”

  1. aNa Says:

    dar sentido às coisas é uma sensação maravilhosa, não é?

  2. kianda Says:

    🙂 …

  3. POKEMON Says:

    Uhauuu, papo profundo!!! Ate da para fazer uma analogia com uma situacao que envolveu um casal amigo contudo, isso e um caso generico muito comum para decrever pessoas que se iludem e pensam que sao fortes, que aguentam tudo e, que se colocarem entre a espada e a parede…a espada vai cair ou torcer, bem, por vezes nao e assim e a espada fura mesmo. No caso que conheco, ela pegou fogo mesmo, mas talvez o fogo nao bastasse e por isso ela…comprou um lanca-chamas de napalm e decidiu viver segundo a lei do fogo. Num caso que vivi ha um bom tempo atras tambem vi o recurso ao fogo ser utilizado, indiscriminadamente, sobre inocentes e culpados. Sera que muitas mulheres quando colocadas em situacoes cuja saida nao podem vislumbrar de imediato reagem muitas vezes de forma inconsequente? Kianda sera que o que descreveste e uma situacao muito comum no mundo feminino ou, um caso raro? Ja alguma vez sentiste nesse fogo, ou que tao bem descreveste ou realizaste-o por intuicao e deducao?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s


%d bloggers like this: